Compartilhar share

Colegiado Regional da Defesa Civil da Ameosc debate ações de combate à estiagem

Publicado em 03/02/2022 às 11:12 - Atualizado em 03/02/2022 às 11:15


Créditos: Foto: Ameosc | Divulgação Baixar Imagem

A Câmara Técnica do Colegiado de Defesa Civil da Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina (Ameosc) se reuniu na tarde desta quarta-feira (02), no Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd) em São Miguel do Oeste. O objetivo foi de discutir diversos assuntos importantes aos municípios, entre eles, seus planos de contingências, a estiagem, o trabalho que a Defesa Civil realiza diante deste cenário, entre outros.

O Coordenador do Colegiado Regional da Defesa Civil (Ameosc) representante da região junto ao colegiado estadual e Coordenador de Defesa Civil de Palma Sola, Douglas Fernando Ribeiro, explica que a reunião foi muito importante para tratar sobre a estiagem que se arrasta desde 2019 e vem castigando a região.

“Fizemos uma reunião, com o apoio da Ameosc e da Fecam. Estamos retomando os trabalhos do Colegiado Regional para discutir com os coordenadores como é que está sendo o enfrentamento dessa estiagem, quais são as ações em cada município. É uma troca de experiência a nível regional, uma troca de experiência para encontrar uma solução que ajude a minimizar ou amenizar o problema da estiagem na nossa região”, salienta.

Também foi discutido na reunião sobre o Seminário realizado em Fraiburgo no dia 8 de dezembro, que contou com a participação de representantes da região. “Alguns dos assuntos que estiveram em pauta nesse Seminário foram as demandas dos seminários regionais que vão acontecer, a regularidade dessas reuniões de colegiado, as ações estruturantes que temos que buscar”, menciona.

A reunião no CIGERD Regional, o qual atende os 19 municípios da região da Amesoc, contou também com a participação do coordenador do Centro Integrado, Evandro da Silva, além de outros membros. “Colocamos em pauta os decretos de situação de emergência dos municípios para que possamos definir um rumo no que tange o enfrentamento dessas intempéries”, finaliza Ribeiro.

Foi sugerido ainda durante o encontro que a região discuta a possibilidade de realizar um Congresso Regional da Defesa Civil, incluindo inclusive a região abrangida pela AMERIOS. A sugestão será levada à diretoria para análise e encaminhamento.