Comitê de Crises Regional discute novos dados da matriz de risco do Covid-19

Publicado em 10/09/2020 às 13:58 - Atualizado em 10/09/2020 às 13:59


Créditos: Reprodução | Internet Baixar Imagem

Integrantes do Comitê de Crises - formado pelos municípios da Amoesc e parte dos municípios da Amerios - se reuniram em videoconferência na tarde desta quarta-feira (9), coordenados pela secretária de Saúde de Palma Sola, Débora Prevedello. A reunião também contou com a participação de Sirlei Cetolin, coordenadora da Regional de Saúde.

Durante a reunião, foi feita apresentação da situação dos leitos clínicos da região, da estrutura física e de serviços na área da saúde e também foi apresentada a nova matriz de risco do Extremo Oeste. Segundo o secretário-executivo da Ameosc, Airton Fontana, para a satisfação das lideranças e da comunidade regional, houve recuo na pontuação da nossa região, ou seja, o contágio por Covid-19 tem diminuído.

“Teve um recuo nos últimos quinze dias. Nós já estávamos na eminência do risco gravíssimos, permanecemos no grave. Estávamos numa pontuação 3 e agora recuou para 1.75 e por isso nós diminuímos para o risco de grau alto. Isso é mérito da região, da população que vem se conscientizando e especialmente dos municípios e das administrações municipais”, salienta.

Ainda durante a reunião, foram avaliadas as portarias estaduais e os decretos que estão sendo publicados pelos municípios liberando, por exemplo, a prática esportiva. Fontana salienta, no entanto, que há regras para a pratica desta atividade. “É preciso se ter todo um cuidado, que seja realizado conforme minuta do decreto, em locais abertos e que se leve em conta todos os cuidados e protocolos da saúde”, explica.

Por fim, também foi discutida a possibilidade da realização de processos seletivos para escolha dos professores para o ano de 2021. “Nesse sentido, foi apresentada a ideia de elaborar um protocolo, um plano de contingência para também discutir no Comitê a possibilidade de realizar esses certames, respeitando todo o regramento de segurança para que também o processo seja feito de forma cuidadosa”, finaliza.